Analistas antecipam nova subida da taxa de desemprego

(Miguel Baltazar/Negócios)

A taxa de desemprego subiu de 11,9% no terceiro trimestre para 12,2% no último trimestre do ano passado e, de acordo com estimativas recolhidas pela Lusa

O INE divulga hoje a taxa de desemprego do primeiro trimestre deste ano, sendo que os analistas contactados pela agência Lusa admitem uma nova subida face ao trimestre anterior, em linha com uma ligeira desaceleração da actividade económica.

A taxa de desemprego subiu de 11,9% no terceiro trimestre para 12,2% no último trimestre do ano passado e, de acordo com estimativas recolhidas pela Lusa, o Instituto Nacional de Estatística poderá divulgar hoje uma nova subida da taxa de desemprego.

A maioria dos analistas contactados pela agência Lusa antecipam uma nova subida da taxa de desemprego no primeiro trimestre, entre 12,4% e 12,6%, com a excepção do BBVA, que prevê uma descida do indicador para 12,1%.

O Núcleo de Estudos de Conjuntura da Economia Portuguesa (NECEP), da Universidade Católica, é o que antecipa a maior subida trimestral da taxa de desemprego, em 0,4 pontos percentuais, para 12,6%.

Já os bancos BPI e Montepio coincidem com a previsão de subida da taxa de desemprego em 0,2 pontos percentuais, para 12,4%, no primeiro trimestre deste ano face aos últimos três meses de 2015.

Segundo a economista-chefe do BPI, Paula Carvalho, este “ligeiro agravamento da taxa de desemprego em termos trimestrais ocorre em linha com a tendência de ligeira desaceleração da actividade económica”.

O Governo estima que a taxa de desemprego desça para 11,4% no conjunto do ano. (Jornal de Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA