Amo a minha África!

Jonísio Salomão (DR)

África minha África berço da Humanidade
Feia, desdentada e velha ainda assim te amo.
Amada e odiada
No teu âmago, preservas sempre a humildade
Durante séculos foste pilhada, maltratada, ultrajada, violada
Não escolhemos o nosso destino, nos foi escolhido!
Não decidimos o caminho, nos foi indicado!
Não perdemos os filhos, nos foram tirados!
Foram 500 anos de choro, pranto e ranger de dentes.
Quem enxugara as lágrimas de sangue que saem dos teus olhos?
Quem pagará os danos a ti causados?
Detentora de uma diversidade múltipla tu não és bela, és perfeita.
De carrapitos na cabeça e os panos na cintura o teu jingar a todos enfeitiça.
Amo a minha África!
África dos meus ancestrais.
África de Mandela, Neto Ndunduma, Kruma, Nyerere, Simão, Nginga, Mandume, África de Cabral e tantos outros.

África o futuro é áureo!
Em ti vejo um sorriso tenro e brilhante, brilhante como diamantes.
Em ti vejo a prosperidade, ergue –te!
Levanta a cabeça vai a luta.
Te amo minha África, sempre te amarei!

por Jonísio Salomão

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA