Abertura dos mercados: Semana arranca com bolsas, petróleo e juros em queda

(Bloomberg)

As bolsas europeias estão a negociar em terreno negativo num arranque de semana marcado pela oferta de 62 mil milhões de dólares que a Bayer lançou sobre a Monsanto. O petróleo está no vermelho pela quarta sessão, e o euro em alta ligeira.

Os mercados em números
PSI-20 desce 0,79% para 4.832,45 pontos

Stoxx 600 perde 0,07% para 337,78 pontos

Nikkei desvalorizou 0,49% para 16.654,60 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos descem 4,3 pontos base para 3,065%

Euro sobe 0,09% para 1,1233 dólares

Petróleo em Londres cai 0,99% para 48,24 dólares o barril

Bolsas europeias arrancam semana em queda

As bolsas europeias estão a negociar em queda esta segunda-feira, 23 de Maio, num arranque de semana marcado pela oferta de 62 mil milhões de dólares que a Bayer lançou sobre a Monsanto. O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,79% para 4.832,45 pontos.

Na bolsa nacional, o PSI-20 desce 0,79% para 4.832,45 pontos, pressionado sobretudo pelos CTT, que desvalorizam 5,01% para 7,788 euros, no dia em que passam a negociar sem direito ao dividendo.

Juros da dívida portuguesa lideram quedas na Europa

Os juros da dívida pública portuguesa estão em queda, liderando as descidas entre os países da periferia do euro. A ‘yield’ associada às obrigações a dez anos alivia 4,3 pontos base para 3,065%, enquanto em Espanha, no mesmo prazo, a descida é de 1,4 pontos para 1,552%.

Euro sobe pela segunda sessão

A moeda única europeia está a negociar em alta face à divisa norte-americana pela segunda sessão consecutiva, com um avanço de 0,09% para 1,1233 dólares. Também o iene japonês subiu face às principais congéneres depois de um relatório do governo ter revelado que o excedente comercial do país aumentou para o nível mais alto em seis anos.

A divisa japonesa ganhou 0,36% para 0,009112 dólares.

Petróleo prolonga descidas

O petróleo está em queda nos mercados internacionais pela quarta sessão consecutiva, numa altura em que os produtores do Canadá já reiniciaram as operações depois de os incêndios terem provocado uma ruptura na oferta. A pressionar os preços do ouro negro está ainda o Irão, que continua a aumentar as suas exportações.

O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, desce 1,22% para 47,82 dólares enquanto o Brent, transaccionado em Londres, cai 0,99% para 48,24 dólares.

Ouro negoceia nos 1.250 dólares

O metal precioso está em queda ligeira esta segunda-feira, depois de ter completado a mais longa série de descidas semanais deste ano. O ouro desce 0,10% para 1.250,77 dólares por onça, enquanto a prata desvaloriza 1,13% para 16,3425 dólares.

Destaques do dia

Menos contas põem investidores em risco. As cotadas vão poder decidir se continuam a apresentar resultados a cada três meses. A frequência com que os investidores terão informação será menor, o que deverá diminuir a visibilidade em relação aos negócios das empresas. E pode aumentar a volatilidade.

Saiba o que vai mudar nas contas das empresas. A publicação trimestral da informação financeira das cotadas nacionais passará a ser voluntária. Mantém-se a obrigação de publicação de dados semestrais e anuais. A excepção são as cotadas do sector financeiro.

Vender já OTRV rende mais do que o juro do ano todo. Ao segundo dia de negociação, o novo produto de retalho do Estado é já um sucesso no mercado. A forte valorização levou o preço das OTRV a garantir ganhos superiores à taxa de cupão. Mas apanhar esse retorno é complicado.

Fundos registam maior série de saídas mensais desde a crise do BES. Os portugueses tiraram dinheiro dos fundos pelo quarto mês consecutivo, com os investidores nacionais a evitarem a exposição ao risco. Produtos mais conservadores continuam a liderar a escolha.

Avaliação à Grécia e EUA sob o olhar atento dos investidores. Para esta semana está agendada a reunião do Eurogrupo, que terá em cima da mesa a tão esperada aprovação da revisão do programa de resgate à Grécia. Em foco estarão também os dados sobre a evolução da economia dos Estados Unidos.

O que vai acontecer hoje

CTT. Acções passam a negociar sem direito ao dividendo de 0,47 euros. O pagamento é realizado dia 25 de Maio.

Toyota Caetano. Acções passam a negociar sem direito ao dividendo de 0,15 euros. O pagamento é realizado dia 25 de Maio.

Ryanair. Divulgação dos resultados relativos ao primeiro trimestre.

Zona Euro.Índice de gestores de compras (PMI) compósito da Markit, relativo a Maio; Indicador de confiança dos consumidores, relativo a Maio.

INE. Taxas de juro implícitas no crédito à habitação, relativas a Abril

EUA. Índice de gestores de compras (PMI) da Markit para a indústria, relativo a Maio. (Jornal de Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA