Wikileaks expõe planos de chantagem do FMI sobre Europa e Grécia (vídeo)

(EURONEWS)

Reunião de gabinete de crise do governo grego depois de a wikileaks ter revelado técnicas agressivas planeadas pelo Fundo Monetário Internacional para reforçar a austeridade sobre Atenas.

A Wikileaks publicou a transcrição de uma alegada teleconferência entre os responsáveis do FMI, Paul Thomson, diretor dos assuntos para a Europa, e a chefe da missão do FMI para a Grécia, Delia Velculescu.

Na conversa, os dois falam como impor as condições do terceiro resgate aos restantes parceiros da Troika – Comissão Europeia e Banco Central Europeu – e à própria chanceler alemã, Angela Merkel.

O objetivo seria conseguir uma renegociação da dívida grega e um ‘superavit’ grego superior ao pretendido por Bruxelas em 2018.

O plano passaria por ameaçar a Alemanha com a saída do FMI da Troika e forçar Berlim a aliviar a dívida grega, aproveitando a já existente pressão politica interna alemã da crise dos refugiados.

Os dirigentes do FMI acreditavam também que o referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia vai paralisar a tomada de decisões. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA