Unidade de Trânsito e BET preparam Operação Stop para fim-de-semana prolongado

Catarino Roque da Silva - comandante da Unidade de Trânsito de Luanda (Foto: Tarciso Vilela)

A Polícia de Trânsito de Luanda e a Brigada Especial de Trânsito (BET) realizam, a partir da noite de sexta-feira, um serviço especial de fiscalização aos automóveis na capital angolana e estradas nacionais devido ao próximo fim-de-semana prolongado.

Falando hoje, quarta-feira, à Angop o comandante da Unidade de Trânsito de Luanda, super-intendente chefe Catarino Roque da Silva António, disse que a operação vai se estender até a próxima terça-feira envolvendo um elevado número de efectivos, entre agentes com viaturas especiais, motos e outro material de apoio da Polícia Nacional.

Com vista a prevenir os acidentes de viação serão montados postos nas vias consideradas perigosas como a da Samba/Embarcadouro do Mussulo/Benfica, Rotunda do Gamek/Aeroporto 4 de Fevereiro (Maianga), Porto de Luanda/ponto Final na Ilha (Ingombota), bem como Boavista/Fina-Petróleos/Panguila (Cacuaco).

Esta igualmente prevista a instalação de postos nas estradas Deolinda Rodrigues/Viana, Camama (Kilamba Kiaxi)/Viana e via expressa, bem como em outras ruas da zona urbana da cidade capital.

O oficial da corporação disse que as rotas foram estabelecidas por serem as que apresentam maiores riscos em acidentes, principalmente ao fim-de-semana.

Esta operação está direccionada ao aconselhamento dos automobilistas no sentido de serem mais prudentes, observando as normas de condução, o uso dos cintos de segurança e moderar a velocidade dentro e fora das localidades e a não utilização do telemóvel durante a condução.

A fiscalização aos automobilistas que dirigem desencartados, excesso de velocidade, condução em estado de embriaguez e a não observância às regras de trânsito são outros propósitos da operação.

As atenções dos agentes de trânsito vão igualmente estar viradas às viaturas em mau estado técnico e a poluição sonora.

Por sua vez a BET pretende controlar o excesso de velocidade e reduzir o índice de sinistralidade rodoviária, que se tem verificado nas vias rodoviárias nacionais.

O seu porta-voz, inspector João Pereira, destacou o controlo nas estradas nacionais números 100, 225 e 230 entre as cidades de Luanda/Cuanza Norte/Malanje/Lunda Sul e Lunda Norte, Luanda/Bengo e Uige, bem como Luanda/Cuanza Sul/Benguela. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA