Tournée “Eu amo a minha banda” chega a Maianga

músico Kelly Silva (Foto: Angop/Arquivo)

O músico angolano Kelly Silva exibe-se esta noite, no distrito urbano da Maianga, província de Luanda, num acto em saudação ao 14º aniversário da Paz e Reconciliação Nacional, a assinalar-se a 4 de Abril.

A actividade insere-se no prosseguimento da tournée “Eu Amo a Minha Banda”, iniciada a 8 de Agosto do ano passado.

O show terá lugar no campo Multiuso do 1º de Maio (adjacente ao Instituto Médio Normal de Educação – IMNE Marista) e, de acordo com o músico, marcará também o encerramento da jornada “Março Mulher”, devendo contar, entre outros, com as participações de BD Bigodão, José Gouveia, Elenco da Paz, Beder G, Scott D, Mestre Dibá, Cais FM e Xtremo Signo.

A actividade designa-se “Show-festa Kelly Silva e amigos” e segue-se a outros espectáculos já realizados em alguns dos 163 municípios do país contemplados com esta inédita iniciativa (de longo prazo), cujo elenco artístico varia em cada evento, incluindo humoristas, dançarinos e declamadores.

“Durante o show vou apresentar sucessos do meu repertório e outros temas inéditos, que constarão do próximo trabalho discográfico. Farei uma actuação ao vivo e estou muito expectante quanto a exibição, que vai durar cerca de três horas”, disse o cantor romântico, que se mostra regozijado com a paz em Angola.

Em mais de vinte anos de carreira, o ex-integrante do grupo de dança Lambada do Kinaxixi tem os discos “100% de Amor”, lançado em 2002, “Por causa dela” (2004), “Histórias do angolano” (2009) e “Algo especial” (2013).

Com 35 anos de idade, o cantor, natural de Luanda, conta na sua galeria com o prémio “Badalada do ano”, uma distinção do Top Rádio Luanda/2008, com o tema “Por você”, além do quinto lugar no concurso Top dos Mais Queridos, em 2010, e nomeações em provas internacionais.

O projecto “Eu amo a minha banda” arrancou em Cacuaco (Luanda) e contemplou já mais de 15 municípios. O mesmo visa mostrar os benefícios da paz e enaltecer o trabalho do Executivo angolano em prol do desenvolvimento do país e bem-estar da população. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA