Semanário britânico revela alegações de doping entre atletas profissionais (vídeo)

(EURONEWS)

Novo escândalo faz tremer desporto inglês.

De acordo com uma investigação apresentada pelo semanário Sunday Times, um médico britânico teria alegadamente tratado mais de 150 desportistas incluindo vários futebolistas da Premier League com substâncias proibidas.

As alegações do médico em causa, Mark Bonar, foram obtidas no decurso da investigação levada a cabo pelo semanário britânico.

Esteroides e hormonas de crescimento seriam algumas das substâncias proibidas fornecidas pelo médico.

A agência antidoping britânica; UKAD, reagiu expressando choque e preocupação perante as revelações.

Segundo a diretora executiva, Nicole Sapstead, o organismo estava ao corrente das alegações feitas contra o médico mas encontrava-se impedido de agir legalmente.

De acordo com a legislação em vigor, a agência só pode investigar profissionais afiliados a uma atividade desportiva.

As revelações voltam a trazer o mundo obscuro do doping entre os atletas profissionais para o topo da agenda de notícias numa altura em que faltam menos de seis meses para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

No ano passado, a Rússia foi suspensa de participar em vários eventos internacionais de atletismo na sequência de um relatório que expunha a corrupção vigente entre os atletas. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA