Salah Abdeslam será entregue à França ‘em algumas semanas’, diz advogado

(AFP)

Salah Abdeslam, suspeito chave dos atentados de novembro em Paris, será entregue à França dentro de algumas semanas, indicou seu advogado, Sven Mary, nesta quinta-feira.

“Será entregue à França não antes de várias semanas, primeiro deve ser indagado em outro caso”, indicou Mary ao sair de uma audiência que deveria decidir sobre a detenção preventiva de Abdeslam e fazendo referência à suposta participação de seu cliente em um tiroteio no dia 15 de março na comunidade de Forest de Bruxelas, em uma operação da polícia.

Abdeslam deve responder “no caso de Forest (…), onde ocorreram disparos contra oficiais da polícia”, explicou seu advogado.

Os investigadores suspeitam que Abdeslam, francês de 26 anos, estava no apartamento vasculhado em Forest que acelerou sua captura, três dias depois em Bruxelas, após quatro meses de fuga.

Sven Mary acrescentou que seu cliente ainda não está vinculado à investigação dos atentados de 22 de março em Bruxelas. “Não há nenhuma audiência prevista” sobre este caso, disse.

A justiça belga validou no dia 31 de março a extradição de Abdeslam à França.

Salah Abdeslam é para os investigadores o único sobrevivente dos comandos que atacaram Paris em 13 de novembro, atentados que deixaram 130 mortos.

Está detido no pavilhão de alta segurança da prisão de Bruges (noroeste da Bélgica). (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA