Namibe: Padre aconselha juventude a permanecer firme na fé

Escuta e governador do Namibe, Rui Falcao, comemora 50 anos de escutismo (Foto: Anabela do Ceu Fritz)

O padre Domingos Zezinho Candimba aconselhou domingo a juventude católica a permanecer firme na fé, de forma a cumprirem os mandamentos bíblicos e serem homens dignos perante a sociedade.

O prelado da província de Benguela esteve no Namibe para a missa de acção de graça em homenagem aos 50 anos de escutismo do actual governador do Namibe e escuta, Rui Falcão Pinto de Andrade.

Na sua homilia, aconselhou a juventude a seguir o caminho de Cristo como o verdadeiro mensageiro da Paz e do amor ao próximo.

Para que o escutismo tenha êxito no pais e na província do Namibe em particular, o prelado disse ser necessário que os escuteiros realizem acções sociais, com vista a ajudar os que se encontram em situação difícil, como velhos, viúvas e órfãos.

Reconheceu que os jovens adolescentes devem ser bem aproveitados e formados para que as suas mentes sejam educadas com o espírito do perdão, amor ao próximo e acima de tudo a fidelidade.

Numa mensagem de agradecimento no final da missa de acção de graça, Rui Falcão afirmou que o mais importante é o que as organizações fazem no mundo e no país, em particular, em prol dos jovens.

“ Aprendemos no escutismo a servir a Deus, a pátria, a igreja, ao movimento e ao próximo, ao meu tutor Dom Óscar Braga mando uma mensagem de que continuo a cumprir com zelo e dedicação a missão de deixar Angola um pouco melhor que a encontrei, esta é nossa missão e sempre foi”, reforçou.

Rui Falcão disse ainda que tudo quanto tem feito foi sempre para servir o próximo com honestidade e sem esperar recompensa e que os seus irmãos dirigentes interiorizem que mais importante do que as funções é o que se faz em prol dos jovens, dedicando-se a eles de corpo e alma, mas fundamentalmente com honestidade, amor e patriotismo.

Rui Falcão ingressou no escutismo em 24 de Abril de 1966, tendo feita a promessa de Lobito na Paróquia de Santo Adrião na província do Namibe. Actualmente é o primeiro chefe Nacional dos Escuteiros de Angola. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA