MSC Cruzeiros recebe comitiva diplomática de Angola

MSC Opera (MSC)

Seminário a bordo do MSC Opera reúne representantes de entidades Portuguesas e entidades de Vários Ministérios e personalidades Angolanas para potenciar o turismo e desenvolvimento do sector dos cruzeiros em Angola em 2017

A MSC Cruzeiros vai receber a bordo do MSC Opera, no próximo dia 30 de Abril em Lisboa, a visita de uma comitiva diplomática Angolana numa acção conjunta com a empresa Alegrangola S.A. Tours – operadora no turismo em Angola, como forma de desenvolver e potenciar o crescimento do turismo e sector dos cruzeiros nos países lusófonos.

Como companhia líder de mercado no Sul de África, a MSC Cruzeiros convidou representantes de várias entidades, nomeadamente Ministérios, Instituições e Comissões responsáveis pelo desenvolvimento do sector dos cruzeiros em Angola, a participarem num seminário a bordo do MSC Opera, onde também estarão presentes instituições portuguesas relacionadas com o sector, pretendendo contribuir para o aumento do mesmo.

Com o objectivo de reunir os pressupostos necessários de modo a incentivar o desenvolvimento e crescimento do sector dos cruzeiros em Angola, os convidados terão a possibilidade de visitar e desfrutar da distinta experiência de cruzeiro mediterrânica a bordo do MSC Opera, um navio da mesma classe do MSC Sinfonia que estará posicionado no Sul de África na temporada de Inverno 2016-2017.

O MSC Sinfonia, com capacidade para cerca de 2600 passageiros, estará a realizar este Inverno uma série de cruzeiros com partidas e chegadas a Durban e à Cidade do Cabo, na África do Sul, onde será possível os passageiros conhecerem países como Moçambique ou Namíbia e deslumbrarem-se com as paisagens extraordinárias dos países sul africanos.

Sobre a MSC Cruzeiros

A MSC Cruzeiros, parte do grupo MSC, é a maior companhia de cruzeiros privada do mundo, com sede na Suíça, e líder de mercado na Europa, incluindo Portugal, América do Sul e Sul de África e navega durante todo o ano no Mediterrâneo e nas Caraíbas. Oferece ainda uma vasta gama de itinerários sazonais no Norte da Europa, no Oceano Atlântico, Cuba e nas Antilhas Francesas, Cuba, América do Sul, África do Sul, bem como Abu Dhabi, Dubai e Omã.

A experiência MSC Cruzeiros personifica o lado elegante do Mediterrâneo criando emoções únicas e inesquecíveis para os passageiros, permitindo a descoberta de culturas, belezas e sabores do mundo. A sua frota é composta por 12 dos mais modernos navios existentes: MSC Preziosa; MSC Divina; MSC Splendida; MSC Fantasia; MSC Magnifica; MSC Poesia; MSC Orchestra; MSC Musica; MSC Sinfonia; MSC Armonia; MSC Opera e MSC Lirica.

Em 2014 a MSC Cruzeiros lançou um plano de investimento destinado a apoiar a segunda fase do seu crescimento que consiste na construção de dois navios da geração Meraviglia e dois da geração Seaside (com opção para um terceiro) e em Fevereiro de 2016 confirmou as opções existentes para construir mais dois navios Meraviglia Plus, com uma capacidade ainda maior. Em Abril de 2016 o investimento aumentou para €9 mil milhões com o anúncio de uma carta de intenções para construir quatro novos navios, cada um deles com tecnologia de última geração movidos a gás natural liquefeito (LNG). Assim, entre 2017 e 2026 serão entregues à MSC Cruzeiros um total de até 11 novos navios de última geração.

A MSC Cruzeiros é a primeira marca de cruzeiros mundial a desenvolver um plano de investimento deste grandeza e dimensão, abrangendo um horizonte de mais de dez anos, a partir de 2014 até 2026.

A MSC Cruzeiros sente uma grande responsabilidade pelo ambiente do qual faz parte e foi a primeira companhia do mundo a receber o prémio “7 Golden Pearls” (7 Pérolas Douradas), atribuída pelo Bureau Veritas, em reconhecimento ao seu alto nível de gestão de qualidade e protecção ambiental. Em 2009 a MSC Cruzeiros estabeleceu uma duradoura parceria com a UNICEF destinada a apoiar vários programas de modo a assistir crianças por todo o mundo. Até aos dias de hoje, a MSC Cruzeiros angariou já mais de €5 milhões em donativos de passageiros.

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA