Mina do Txiegi na Lunda Sul vai ajudar a diversificar as receitas fiscais- Ministro

Francisco Queiroz - Ministro da Geologia e Minas (Foto: Francisco Miúdo)

O ministro da Geologia e Minas, Francisco Queiroz, disse sábado, em Saurimo província da Lunda Sul, que a Sociedade Mineira do Txiegi, vai ajudar a diversificar as fontes de receitas fiscais e proporcionar emprego para a juventude, tendo em conta a sua capacidade de produção.

Em entrevista à imprensa, a margem da inauguração da referida mina, localizada na localidade do Luo, 90 quilómetros de Saurimo, o dirigente sublinhou que para a sua implementação foram empregues 15 milhões de dólares norte-americanos e enquadra-se no programa da Endiama e dos projectos mineiros que devem ser inaugurados a curto prazo.

Francisco Queiroz realçou que o projecto vai dar passos rápidos de desenvolvimento económico e consequentemente contribuir para a diversificação da economia nacional, tendo em conta o grande potencial que ele dispõe.

‘’ A mina tem uma particularidade importante pelo facto de estar localizada numa zona limítrofe entre as províncias da Lunda Norte e Sul, daí a garantia de dar emprego a juventude das duas regiões bem como ajudar no desenvolvimento socioeconómico das mesmas’’, salientou.

O ministro atestou que os diamantes continuam á ser a principal actividade mineira do país, continuando a merecer a principal atenção do seu pelouro, por ser uma das apostas para a diversificação da economia.

Fez saber que a inauguração do referido empreendimento mineiro, acontece num momento em que Angola comemora 14 anos de paz e de reconciliação nacional, o que é bastante animador, tendo em conta o processo de diversificação da economia em curso no país.

‘’Os diamantes são industrias da paz e o executivo tem prestado muito atenção as industrias mineiras sobretudo na arrecadação das receitas fiscais e a criação de postos de trabalho’’ ressaltou o ministro tendo revelado que em 2015 o país produziu 9 milhões e quase 20 mil quilates.

Anunciou que dentro de pouco tempo, será inaugurada mais duas minas, com maior realce para o Luaxi, que poderá duplicar a produção do país nos próximos 5 anos.

Testemunharam a inauguração, o ministro da construção, Valdemar Pires, o secretário de Estado para Protecção Civil e Bombeiros, Eugénio Laborinho, o presidente do conselho de administração da Endiama, Carlos Sumbula, bem como os governadores das províncias da Lunda Norte e Sul, Ernesto Muangala e Cândida Narciso, respectivamente. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA