Huíla: Sete pessoas morrem em acidentes de viação numa semana

Sinais de trânsito (Foto: Lucas Neto)

Sete pessoas morreram e 21 ficaram feridas em consequência de 27 acidentes de viação registados na província da Huíla, pela unidade reguladora de trânsito, da Polícia Nacional, durante os últimos sete dias.

O porta-voz da corporação, nesta província, super-intendente chefe Paiva Tomás, disse à Angop, no Lubango, que foram registados mais dois mortos, um ferido e seis acidentes, em relação a igual período anterior.

Os sinistros foram provocados, principalmente, pelo excesso de velocidade e a má travessia de peões, tendo causado danos materiais avaliados em um milhão 545 mil kz.

Sobre a sua natureza, o porta-voz indicou 11 atropelamentos, com cinco mortos e seis feridos, cinco colisões entre viaturas, com cinco feridos, e ainda cinco despistes, com quatro feridos, assim como colisões entre motorizadas que causaram dois mortos e seis feridos.

No mesmo período, a Polícia registou 71 crimes, com destaque para quatro homicídios voluntários, e prendeu 63 suspeitos de praticarem os delitos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA