Holanda rejeita em referendo acordo de associação UE-Ucrânia (vídeo)

(EURONEWS)

Os holandeses disseram “Não”, em referendo, ao acordo de associação entre a União Europeia e a Ucrânia, um resultado que deixa Bruxelas numa posição “problemática”.

A ratificação do texto por parte do Parlamento holandês foi rejeitada por 61,1% dos eleitores que acudiram às urnas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Bert Koenders, afirmou que “o processo de ratificação não pode continuar, como se esperava antes, por isso é preciso ir passo-a-passo: debater agora no governo, com o Parlamento, com os parceiros europeus e também com a Ucrânia, para avaliar as consequências desta decisão”.

A taxa de participação foi de 32,2%, pouco mais de dois pontos acima do limiar mínimo para que o referendo fosse considerado válido.

O líder da extrema-direita holandesa, Geert Wilders, afirmou através da conta pessoal no Twitter que o resultado representa “o início do fim da União Europeia”.

Antes do voto, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, tinha dito que a Europa ía “ter um problema”, caso o “Não” vencesse. (EURONEWS)

Por Rodrigo Barbosa | Com EFE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA