Guiné-Bissau: PRS aplaude decisão do Supremo Tribunal

(DR)

O principal partido da oposição guineense saudou como sendo “histórica e sábia” o acórdão do Supremo Tribunal de Justiça que vai permitir a reintegração no parlamento dos 15 deputados expulsos do PAIGC.

A decisão da perda de mandato dos 15 deputados em causa fora decretada pela comissão permanente da Assembleia nacional popular foi agora anulada pelo Supremo Tribunal, nas suas vestes de Tribunal constitucional, inexistente no país.

Num comunicado distribuído à imprensa o Partido da Renovação Social pode ler-se que o partido “acredita que com esta sábia e histórica decisão dos meritíssimos juízes do Supremo Tribunal de Justiça, em fazer regressar ao parlamento os 15 deputados expulsos, mais não fez do que repor a legalidade e a justiça”.

Os 15 deputados em causa acabaram por se abster na votação do programa do governo do PAIGC, no poder, ameaçando de queda o executivo de Carlos Correia.

O impasse em torno desta questão tem paralisado em larga medida a vida política guineense. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA