França acusa o regime sirio de violar o cessar-fogo

Soldados sírios após retomada da cidade de Palmira (AFP)

A França acusou nesta sexta-feira o governo sírio de violar a trégua vigente nesse país bombardeando civis e de sabotar os esforços internacionais para encontrar uma solução política, em uma declaração do porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

O ataque de 31 de Março na periferia de Damasco, “que visou deliberadamente a civis, demonstra que o regime sírio viola a trégua”, declarou Romain Nadal.

Segundo ele, o objectivo de Damasco “é aterrorizar o povo sírio e sabotar os esforços da comunidade internacional em favor de uma solução política”.

“A França pede ao regime que cesse imediatamente todos os ataques contra civis e a oposição moderada”, acrescentou.

Ao menos 33 pessoas, entre elas 12 crianças, morreram nos bombardeamentos de quinta-feira na região de Ghuta, situada a leste de Damasco, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA