Fórum Sobre Financiamento e Gestão dos Programas Sociais constitui destaque da semana

Fórum sobre financiamento e gestão dos Programas Sociais do Estado marcou noticiário social (Foto: Rosário dos Santos)

O Fórum sobre Financiamento e Gestão de Programas Sociais do Estado, aberto pelo Vice-Presidente da República, Manuel Vicente, constituiu destaque do noticiário social da semana que hoje, sábado, termina.

No evento foram analisadas as premissas para se continuar a investir e a implantar as políticas e os programas do sector social de maneira mais equilibrada e mais proveitosa.

Mereceu também importância informativa a aprovação do programa de acção da comissão interministerial de coordenação de acções de reintegração sócio realizado na 3ª reunião da referida organização.

De acordo com o ministro dos Antigos Combatentes, Cândido Pereira dos Santos, que falava à imprensa à margem do encontro, foi discutido também o cronograma detalhado das acções que serão desenvolvidos.

No evento foi deliberado a nível da comissão interministerial para a reintegração sócio económica dos antigos combatentes e veterano da pátria, criado à luz de um Despacho Presidencial que dentre outras acções visa encontrar soluções para reintegração socioeconómica e produtiva dos ex-combatentes.

Teve relevância noticiosa, a tomada de posse dos corpos directivos da Liga para o Desenvolvimento dos Ex-Militares das Forças Armadas Angolanas(LIDEMFAA), no município de Saurimo.

Foi ainda realce nesta semana o prémio denominado “CEDUMED de Educação Médica Clínica Multiperfil” que será entregue pela primeira vez em 2017 pela qual devem concorrer trabalhos dos dois anos anteriores, cujas candidaturas podem ser entregues até 20 de Dezembro do corrente ano.

O mesmo foi anunciado no 3º Congresso de Ciências de saúde que a clínica multiperfil realizou que se rege pelo respectivo regulamento confirmado pela competente Deliberação da Universidade Agostinho Neto publicada no Diário da República II série n.º 80 de 30 de Abril de 2015.

O prémio é anual, tem âmbito nacional e acolhe duas categorias, cada uma com 1º, 2º e 3º lugar, recebendo candidaturas, em cada ano, de trabalhos acontecidos nos dois anos anteriores ao da atribuição do prémio. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA