Cuanza Sul: Calemas impedem pescadores artesanais irem ao mar

Calemas (Foto: Angola)

Pescadores artesanais na zona litoral do Sumbe, província do Cuanza Sul, estão impedidos de irem ao mar devido as calemas que se fazem sentir ao longo da costa marítima.

A informação foi avançada, hoje terça-feira, pela autoridade tradicional da Carimba, ( zona piscatória) Ribeiro Germano , tendo avançado que “as ondas têm estado a bater muito na costa e há uma subida do nível do mar, o que por razões de segurança, os pescadores evitam ir ao mar.”

“Instamos aos pescadores no sentido de esperarem até que o mar se acalme para que haja segurança das sua vidas,” explicou, o igualmente pescador.

Fez saber que a situação teve inicio na tarde de domingo último e continua até hoje, por isso auguramos que nos próximos dias os pescadores retomam as suas actividades.

Calemas são alterações que ocorrem periodicamente no nível das águas do mar, causadas pela interferência da força de gravidade.

A zona litoral do Cuanza Sul que compreende os municípios do Sumbe e Porto Amboim ,tem uma extensão de 178 quilómetros lineares , sendo rica em crustáceos e diversas espécie de peixe. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA