Chuva interrompe circulação entre Golungo Alto e Ngonguembo

Cuanza Norte: Ponte sobre o rio Zenza depois da subida das águas (Foto: Cortesia do INEA)

A circulação rodoviária entre as sedes municipais de Golungo Alto e Ngonguembo, na província do Cuanza Norte, ficou durante três dias interrompida, devido a subida do caudal do rio Zenza, que deixou submersa a ponte sobre o mesmo, informou segunda-feira o director provincial do Instituto de Estradas de Angola (INEA), Mendonça Luís.

Em declarações à Angop, em Ndalatando, Mendonça Luís explicou que, fruto das chuvas que se abatem com regularidade na região, o caudal subiu, atingindo três metros acima do nível da ponte, de 60 metros de cumprimento e sete de largura, deixando-a submersa.

Acrescentou que o aumento da água do rio Zenza, além de interromper a circulação entre as duas localidades, danificou uma outra ponte sobre o mesmo rio de igual cumprimento e quatro metros de largura, que faz a ligação entre a vila do Quilombo dos Dembos à comuna de Camame e desta até a sede municipal do Golungo Alto.

Mendonça Luís disse que a situação voltou a normalidade, na sequência da diminuição do caudal do rio Zenza, permitindo a retomada da circulação.

No entanto, este facto vai implicar trabalhos de avaliação sobre a segurança da infra-estrutura construída em 2012, que liga igualmente aquelas duas municipalidades a sede municipal da Banga, podendo posteriormente seguir para Quiculungo e Bolongongo, assegurou. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA