Cão implora atenção antes de ser morto para virar comida

(AFP)

À primeira vista parece uma cena normal: um filhote de cachorro alegre lambe as mãos de um homem. Mas, no fim das contas, é muito mais que isso. Trata-se de um desesperado pedido de socorro. As informações são do Daily Mail.

A imagem na verdade mostra um cão momentos antes de seu abate. Ele é um dos milhares de animais que foi sacrificado durante um festival na China que promove o consumo da carne de cachorro. A imagem circulou o mundo cercada de tons de revolta.

Boa parte desses festivais chineses vive à margem da sociedade, apesar do consumo de carne de cães ser permitido no país. Mas, nesses eventos, muito mais do que apenas comer os animais acontece. Lá, verdadeiras práticas de tortura são o principal alvo.

Não são poucos os festivais nos quais os cães são torturados de forma totalmente cruel. Em vários casos, são mutilados e têm suas peles retiradas do corpo enquanto ainda estão vivos. Não à toa, manifestações em todo o mundo se colocam contrárias a esses eventos.

Além das barbaridades cometidas contra os animais, outro fato que fica na mira das autoridades é a procedência dos cachorros. A maioria deles é roubada de seus donos e levada para os festivais. A maioria dos eventos costumam acontecer em celebração ao solstício de verão.

Apesar da facilidade para se encontrar carne de cachorro na China, a comida não é consumida pela maioria da população e também não é tratada como prato típico. Ativista chinês, Xing Hai, do grupo HSI, se disse “envergonhado que a China seja conhecida ao redor do mundo pela crueldade animal, mas que milhares de chineses se solidarizam e ficam horrorizados com essa barbaridade”. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA