Basquetebol: Libolo sofre, mas elimina 1º de Agosto

Kikas não deixa Carlos Morais marcar pelo Libolo (Foto: Henri Celso)

O Recreativo do Libolo, da província do Cuanza Sul, derrotou nesta terça-feira o 1º de Agosto, no pavilhão Vitorino Cunha, por (70-68), em partida da segunda mão das meias-finais da Taça de Angola em basquetebol seniores masculinos.

Com esta vitória, o Libolo enfrenta o Petro de Luanda na final da prova, depois de os petrolíferos eliminarem, também hoje, o Atlético Sport Aviação (ASA).

A partida desta noite iniciou-se com um minuto de silêncio em memória ao antigo secretário da mesa da Assembleia Geral e secretário administrativo da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Amândio Vaz Velho Júnior, falecido dia 5 deste, em Portugal.

No primeiro período, as duas equipas entram equilibradas, mas os visitantes estiveram mais ofensivos. A dois minutos para terminar o quarto inicial, estes mandavam no placar, vencendo por um ponto de diferença (14-13).

Terminaram em vantagem (19-13).

No segundo quarto, o 1º de Agosto entrou com a mesma postura. Nervoso e a perder muitas bolas, deixou o adversário gerir o marcador, tendo vencido por 38-26, ao intervalo.

No reatamento, a equipa militar esteve mais apática e o Libolo assenhorou-se novamente da partida, tendo criado uma vantagem confortável.

A equipa comanda pelo português Norberto Alves, detentora da referida taça, sabendo que o adversário na final será o Petro de Luanda, procurava aumentar a margem da vantagem para ir ao último quarto mais relaxada. Venceu por 56-41.

Os donos da casa nos últimos 12 minutos entram mais serenos e decididos a travar o ímpeto do adversário. A oito minutos do fim, o placar marcava 60-48 a favor do Libolo.

Mesmo com a claque militar a puxar pela equipa, os comandos do Espanhol Ricardo Casas não foram capazes de travar a fúria da agremiação de Calulo.

Os militares sou conseguiram acordar do somo profundo já a faltar três minutos para terminar o último período. Procuravam o prolongamento, visto que teriam de ganhar o adversário por mais de sete pontos. Mas o Libolo também teve vantagem com dois pontos de diferença.

Na partida, Edson Ndoniema com 18, e Francisco Sousa, com 10 pontos, foram os melhores marcadores do 1º de Agosto.

Já Eduardo Minguas, com 14, e Olímpio Cipriano, com 13 pontos, foram os melhores cestinhas para o Libolo do Cuanza Sul.

Com arbitragem de Osvaldo Neto, Clésio Francisco e António Samuel, as equipas marcaram da seguinte forma:

1º de Agosto: Francisco Sousa (10), Edson Ndoniema (18), Armando Costa (03), Jorge Tati (00), Felizardo Ambrósio (03), Joaquim Gomes (00), Mutuau Fonseca (00), Cedrick Ison (09), Tercio Domingos (00), Hermenegildo Santos (07), Islando Manuel (09) e Tariq Kirksay (09).

Técnico: Ricardo Casa.

Recreativo do Libolo: Olímpio Cipriano (14), Jonathan Wallece (05), Carlos Morais (06), Roberto Fortes (09), Vladimir pontes (00), Roderick Nealy (11), Valderício Joaquim (06), Zola Paulo (00), Eduardo Minguas (13), Agostinho Coelho (00), Milton Barro (06) e Manda João (00).

Técnico: Norberto Alves.

(ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA