Tiroteio em Bruxelas durante rusga a uma casa

(REUTERS)

Pelo menos, três polícias ficaram feridos. Procurador belga já confirmou que está a decorrer uma megaoperação policial relacionada com os atentados em Paris

Um tiroteio em Bruxelas, durante uma rusga a uma casa, no subúrbio de Forest, deixou, pelo menos, três polícias feridos. Segundo avançam os jornais belgas, a diligência está relacionada com a investigação aberta após os atentados de novembro em Paris que vitimaram 130 pessoas.

Informações iniciais apenas indicavam um polícia ferido, mas as autoridades já confirmaram que três agentes ficaram feridos. Escusando, no entanto, revelar a gravidade dos ferimentos.

Entretanto, o porta-voz da Procuradoria belga, responsável pela investigação, já veio confirmar que está a decorrer uma megaoperação policial, relacionada com os ataques em França. A mesma fonte acrescentou que também está em curso “uma caça ao homem”, após uma troca de tiros durante uma busca a uma habitação.

O Ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, também já veio confirmar que as diligências que estão a decorrer fazem parte de uma operação conjunta da polícia belga e da polícia francesa, escreve a Reuters.

Durante uma conferência de imprensa na Costa do Marfim, onde está de visita oficial, Bernard Cazeneuve, acrescentou:

“Tudo aconteceu no decorrer de uma busca. Uma equipa composta por polícias belgas e franceses acabou por ficar sob fogo. Foram feitos disparos de armamento pesado”

As autoridades bloquearam diversas estradas do bairro de Forest, relata um jornalista da Reuters presente no local. As autoridades também optaram fechar duas escolas e duas creches, mantendo as crianças no seu interior, em segurança. Foi, entretanto, disponibilizado um contacto telefónico para os pais dos menores poderem saber informações.

Recorde-se que as autoridades belgas prosseguem as investigações para encontrar os suspeitos de ligações aos atentados de Paris, a 13 de novembro último, residentes no país.

Segundo o jornal belga Le Soir há, pelo menos, três polícias feridos durante o tiroteio, mas a informação não foi confirmada oficialmente. Autoridades apenas confirmaram a existência de um ferido.

Já o diário La Dernière Heure avança que os dois presumíveis autores dos disparos se encontram em fuga.

O autarca responsável pelo bairro de Forest confirmou o tiroteio mas indicou que “o número de autores em fuga ainda não foi determinado nesta altura”.

Segundo os media belgas, o bairro de Forest é composto na totalidade por uma população muçulmana. A zona fica relativamente próxima do distrito de Molenbeek, onde em dezembro passado também decorreram operações policiais relacionadas com esta investigação. (TVI24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA