Serviços de segurança russos detêm espião ucraniano preparado pela CIA

(AFP 2016/ MAXIM MARMUR)

O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB, na sigla em russo) deteve um funcionário do departamento de contra-espionagem do aparato central do Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU), tenente coronel Yuri Ivanchenko, que queria ser informante falso da entidade russa, informou o próprio FSB.

O homem chegou à Rússia sob o pretexto de visitar seus parentes apesar de os serviços secretos da Ucrânia proibirem a saída dos seus funcionários do país.

Segundo o FSB, ainda antes da chegada do ucraniano à Rússia a entidade recebeu a informação de que ele tinha sido preparado pelo SBU e a CIA dos EUA para recrutamento nos órgãos de segurança estatal da Rússia “através da oferta iniciativa dos seus serviços”.

“O funcionário do SBU devia despertar o interesse o FSB com as suas habilidades de buscar informação secreta e convencer o FSB na necessidade de manter contacto com ele em Kiev através de esconderijos. Em uma etapa, o SBU e a CIA dos EUA planeavam capturar em flagrante um funcionário do FSB durante o recebimento de informação de Ivanchenko”, diz-se em comunicado do FSB.

O ucraniano foi desmascarado e detido antes de ele poder danificar a segurança da Rússia e por isso ele será simplesmente deportado para a Ucrânia sem permissão de regressar à Rússia. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA