Rede de supostos marginais será apresentada segunda-feira

Polícia Nacional(Foto: Edilson Manuel Domingos)

Uma rede de cinco supostos criminosos, acusados de estarem implicados na morte de quatro cidadãos de nacionalidade chinesa há duas semanas, na comuna do Benfica, município de Belas, serão na segunda-feira apresentados pela Direcção Provincial do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

A directora do Gabinete de Comunicação e Imagem do Comando Provincial da corporação, intendente, Engrácia Costa, informou hoje, domingo, à Angop que os corpos das vítimas foram encontrados no interior de um reservatório subterrâneo de água.

Sem avançar mais pormenores, disse que os acusados foram detidos no decurso de um trabalho investigativo aturado e contou com a colaboração da população.

Entretanto, de acordo com a oficial, a corporação, em Luanda, está desde o princípio deste ano a reforçar o programa de prevenção da criminalidade, com realce na periferia da cidade.

Acrescentou que o programa só terá efeitos positivos com a colaboração da população, no âmbito do programa de policiamento de proximidade.

Fez saber, por outro lado, que estão a ser redobradas cada vez mais as acções de patrulhamento e de policiamento de proximidade, visando manter a confiança da população.

Sem avançar o número de crimes notificados por dia em Luanda, a responsável apelou a sociedade civil no sentido de colaborar com a Polícia Nacional, denunciando os actos criminosos e esconderijos dos transgressores, por formas a garantir a ordem e tranquilidade de todos.

Com mais de seis milhões de habitantes, a capital do país é composta pelos municípios de Luanda, Cacuaco, Viana, Belas, Cazenga, Icolo e Bengo e Quiçama. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA