PR discute futuro da cooperação com Presidente eleito da RCA

Presidente da República, José Eduardo dos Santos e Presidente eleito da RCA, Faustin Archange Touadéra (Foto: Francisco Bernardo)

O futuro da cooperação entre Angola e a República Centro Africana (RCA), esteve, também, no centro do encontro privado mantido, na manhã desta sexta-feira, entre o Chefe de Estado angolano e o presidente recém-eleito daquele país, Faustin Archange Touadéra.

A informação foi prestada hoje à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, pelo Presidente eleito, Faustin Archange Touadéra, no final da visita de 24 horas que efectuou a Angola.

Revelou que, na conversa mantida com o Presidente José Eduardo dos Santos, foram passados em revista aspectos ligados a cooperação bilateral, além de ter agradecido o apoio prestado pelo Presidente da República ao governo de transição do seu país, para a concretização das eleições de 14 de Fevereiro último.

“No encontro, abordamos os vários ângulos e sectores que podem ser fundamentais para a cooperação entre os dois países. Sabemos que Angola tem empresas muito capacitadas, com conhecimentos realmente muito profundos, que poderão ajudar as empresas da RCA a dinamizar a sua economia”, afirmou.

Para Faustin Archange Touadéra, a visita efectuada, hoje, à Centralidade do Kilamba é um exemplo de que os dois países podem criar boas parcerias.

“Ficamos muito admirados de ver a capacidade de resposta do governo angolano neste domínio e tomamos isso como exemplo, para que no futuro, quem sabe, possamos criar parcerias, no sentido de que, empreendimentos deste género, de grande vulto e capacidade, possam ser implementados na República Centro Africana e possam de facto servir o país”, concluiu.

A RCA, país africano que há alguns anos esteve envolvido num conflito inter-religioso cujas consequências levaram à morte de milhares de cidadãos, é membro da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes (CIRGL), instituição que Angola, na pessoa do Presidente José Eduardo dos Santos, detém a presidência rotativa.

Presentemente, um governo de transição chefiado pela Presidente Catherine Samba Panza conduz os destinos da República Centro-Africana até finais do mês em curso, altura em que o presidente toma posse. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA