Obama diz que mate ‘clareou sua mente’

O presidente americano, Barack Obama, em Buenos Aires, no dia 23 de março de 2016 (AFP)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tomou mate pela primeira vez nesta quarta-feira, em Buenos Aires, e admitiu que a erva “clareou sua mente”.

“Hoje tomei meu primeiro mate. Gostei. Minha equipe disse que eu estava muito claro na entrevista colectiva, acho que o mate clareou minha mente”, disse um Obama sorridente em conversa com jovens empreendedores.

Mais cedo, durante entrevista colectiva com o presidente argentino, Mauricio Macri, Obama contou que quando era estudante universitário soube do mate em suas leituras de autores argentinos.

“Quando estava na universidade e lia (José Luis) Borges e (Julio) Cortázar e eles falavam do mate, eu pensava: tenho que ir a Buenos Aires a provar isto”.

Em um auditório repleto no complexo Usina de Arte, no bairro portenho de La Boca, Obama se disse “fascinado” com a cidade de Buenos Aires.

Como fã do basquetebol, o presidente elogiou o ala argentino Emmanuel Ginóbili, ouro olímpico com a selecção argentina e estrela da NBA no San Antonio Spurs, adversários do time de Obama, o Chicago Bulls.

O presidente americano lamentou não poder conhecer o craque Lionel Messi, astro da selecção argentina e do FC Barcelona.

“Queria conhecer Messi, mas não foi possível”, revelou Obama, admitindo que suas filhas – Malia e Sasha – também desejavam encontrar o jogador.

Messi está concentrado com a selecção argentina nos arredores de Buenos Aires, de onde seguirá na quinta-feira para Santiago, onde a Argentina enfrenta o Chile pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia-2018. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA