Moçambique: presidente preocupado com ataques

Filipe Nyusi (Miguel Martins/RFI)

O chefe de Estado moçambicano Filipe Nyusi manifestou nesta segunda feira preocupação face à crescente onda de ataques atribuídos à Renamo, o principal partido da oposição no país.

As negociações entre o governo e a antiga guerrilha da Renamo estão suspensas desde há meses e o projecto de novo encontro entre o chefe de Estado e o líder da Renamo tem sido adiado por várias vezes.

Enquanto isso têm-se multiplicado, sobretudo no centro do país, ataques armados em vários eixos rodoviários.

Uma situação que levou à organização de colunas com segurança militar ao longo da Estrada nacional número um ligando o norte ao centro e ao sul de Moçambique.

O estadista moçambicano falava em Maputo durante a cerimónia em que conferiu posse ao novo governador de Inhambane Daniel Chapo. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA