Moçambique : Dívida da Ematum reestruturada ?

Ematum - Imagem de arquivo (DR)

O governo moçambicano saberá, no próximo dia 6 de Abril, se os credores da dívida da Ematum aceitam as novas propostas do pagamento da dívida, que passaria de 2020 para 2023.

Uma das propostas feitas aos investidores da Empresa Moçambicana de Atum-Ematum pelo Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, é a extensão do prazo de pagamento por mais três anos.

Numa reacção ao corte no “rating“, pelas agências de notação financeira Moodys e Stand and Poors, este  Ministro afirmou que o problema afecta o país, e que a Ematum está no centro desta avaliação.

Em Moçambique, a dívida da Empresa Moçambicana de Atum-Ematum, no valor de 850 milhões de dólares, contraída no fim do mandato do anterior governo, continua a alimentar a polémica, agravada pelo facto de as principais agências de notação financeira terem apontado recentemente Moçambique como um país nada credível para lhe conceder empréstimos. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA