Missão Permanente na ONU considera Lúcio Lara um exemplo de inspiração

Lucio Lara (JA Imagens)

A Missão Permanente de Angola junto das Nações Unidas em Nova Iorque considera o falecimento do nacionalista Lúcio Lara uma perda irreparável para todos os angolanos, pela sua contribuição na luta pela independência e defesa da integridade e soberania do país.

Uma mensagem de condolências assinada pelo representante permanente angolano na ONU, embaixador Ismael Gaspar Martins, caracteriza Lúcio Lara como um dos símbolos maiores da geração de homens que iniciaram e dirigiram a difícil luta do povo angolano pela conquista da independência.

De acordo com a nota, a vida exemplar, a integridade, o humanismo, a devoção e a entrega de Lúcio Lara às causas pelas quais lutou encerram lições de grande relevância, sobre as quais os angolanos deverão reflectir, na busca do exemplo e inspiração para dar resposta aos exigentes desafios que os interpelam.

“Neste momento de dor e luto, em nome da minha família e do colectivo de trabalhadores desta Missão Permanente, inclino-me perante a memória do ínsigne combatente e exprimo os sentimentos de profundo pesar à família enlutada”, lê-se na missiva. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA