Ministro da Defesa a caminho do Cuando Cubango

João Lourenço - Ministro da Defesa Nacional (Foto: Lino Guimarães)

O ministro da Defesa, João Gonçalves Lourenço, seguiu, nas primeiras horas da manhã, para a província do Cuando Cubango onde vai presidir as festividades do 28º aniversário da Batalha do Cuito Cuanavale, que se assinala hoje (quarta-feira).

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro o responsável que não prestou declarações à Angop recebeu cumprimentos de despedidas de altos funcionários do seu pelouro.

A Batalha do Cuito Cuanavale, considerada a maior batalha de forças regulares ocorrida na África Austral, marca a derrota imposta pelas ex-Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), contra militares do antigo regime sul-africano (apartheid) que, na altura, invadiam Angola a partir desta região sudeste do país.
A derrota obrigou o regime do apartheid a promover conversações quadripartidas, que levou a assinatura do acordo de Nova Iorque (EUA) e, consequentemente, a independência da Namíbia e a democratização da África do Sul.

Angola propôs, na reunião do Conselho de Ministros da SADC, realizada este mês em Gaberone, Botswana, o 23 de Março como Dia de Libertação da África Austral, assunto que vai ser analisado pelos países membros até 30 de Abril, devendo a decisão final ser conhecida em Julho, durante a próxima reunião.

O Cuito Cuanavale é um município da província do Cuando Cubango que possui uma superfície de 35.610 quilómetros quadrados, onde se estima que habitem 94.743 pessoas, que se dedicam essencialmente à agricultura e criação de gado. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA