Ministério da Cultura garante atenção especial à formação artística

Grupo Teatral Colectivo de Arte do IMEL em actuação (arquivo) (Foto: Rosário dos Santos)

O Ministério da Cultura (Mincult) garantiu neste domingo, em Luanda, atenção especial à formação artística e apoiar os esforços tendentes a edificação de infra-estruturas culturais que permitam aos grupos teatrais apresentarem as suas obras com a qualidade desejada e transmitir a expressão do grande mosaico cultural e expressão artística nacionais.

Em mensagem dirigida aos agentes das artes cénicas no âmbito do Dia Mundial do Teatro que hoje se assinala, o Mincult destaca que nesta situação difícil de crise que o país atravessa deve-se fazer tudo no sentido de se melhorar, consolidar e fortalecer as estruturas associativas das artes em geral e a sua organização para que a Cultura possa contribuir para o desenvolvimento e diversificação da economia, fonte de receitas para o PIB e afirmação da cidadania.

“Todos somos testemunhas dos resultados positivos alcançados, mas ainda é necessário que os grupos e técnicos continuem a aprimorar os aspectos estruturais e organizativos e de formação dos integrantes dos grupos, acções que irão permitir o melhor funcionamento e a qualidade das exibições públicas, aumentando cada vez mais o impacto que deve merecer o teatro em Angola”, lê-se na mensagem a que a Angop teve acesso.

O Mincult adianta que a data de servir de reflexão para permitir a criação de iniciativas e acções conjugadas entre as várias instituições e as comunidades para o desenvolvimento do teatro em todas as regiões do País.

O dia mundial do teatro foi criado em 1961 pelo Instituto Internacional do Teatro (ITI), data da inauguração do Teatro das Nações, em Paris.

O teatro é uma arte milenar e funciona como um meio de divulgação da cultura de diferentes povos. Desde a antiguidade, o homem usou o teatro como forma de expressão.

Existem vários géneros teatrais como a comédia, o drama, a farsa, a tragédia, a tragicomédia, o melodrama, a revista e o teatro infantil, entre outros. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA