Militantes da Jmpla e OMA exortados a conjugar esforços para um lar saudável

JMPLA (MPLA)

O secretário provincial da Jmpla para a área de projectos multidisciplinar e informação de Malanje, Augusto Ambriz, exortou hoje (quarta-feira), nesta cidade, os militantes da formação, no sentido conjugarem esforços para colaborar na construção de lares saudáveis, bem como no fortalecimento das famílias.

O responsável falava durante uma palestra sobre “o casamento, união de facto e os seus efeitos”, promovido pela JMPLA, no âmbito da jornada Março Mulher, que visou mobilizar os jovens a criarem ambientes saudáveis nos seus respectivos lares e educar a sociedade para a mesma tendência.

Augusto Ambriz precisou ser necessário que os militantes da JMPLA e OMA unirem sinergias para a sua inserção, cada vez maior e melhor, sobretudo da mulher rural e da jovem mulher nos desafios da sociedade, porquanto constituem a franja que mais necessita de equilíbrio promocional, com vista ao seu fortalecimento e estabilidade social.

Para ele, não é possível falar de casamento e união de facto sem falar da família e isso passa necessariamente pela participação da mulher nas tarefas de reconstrução do país.

“Macionis dizia que o casamento e a união de facto é uma instituição social que une os indivíduos num grupo que coopera para a prossecução de um objectivo comum que consiste na criação e educação das crianças nascidas no seu seio”, frisou.

Augusto Ambriz, pediu aos militantes, a aproveitarem o máximo os conteúdos ministrados durante a palestra, de modo a que possam ser os porta-vozes nas suas zonas de residência, nos Comités de acção do Mpla, nos núcleos da JMPLA e nas secções da OMA.

A palestra sobre “ o Casamento, união de facto e os seus efeitos” foi dirigida a militantes da JMPLA, da OMA e outros convidados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA