Lewandowski responde Lula: ‘STF jamais esteve acovardado’

Declarações de Lula sobre o STF foram bastante mal recebidas no Supremo (Foto: Carlos Humberto/SCO/STF)

As declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em escutas divulgadas pelo juiz Sergio Moro repercutiram bastante mal no Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente da corte, Ricardo Lewandowski, respondeu Lula.

“Eu acho que a República tem uma Constituição que está em vigor, as instituições estão funcionando. Nós temos que ter confiança nas instituições. O Supremo jamais esteve acovardado e tem um histórico de coragem e protagonismo”, afirmou Lewandowski.

Nas gravações divulgadas por Sergio Moro, juiz que cuida dos processos da operação Lava Jato, o ex-presidente Lula afirma que o STF é um “tribunal acovardado”. As declarações tiveram repercussão extremamente negativas.

Integrante mais antigo do STF, Celso de Mello também fez um pronunciamento sobre o caso. Na última quinta-feira (17), o ministro foi bastante duro ao falar de Lula e afirmou que “condutas criminosas perpetradas à sombra do Poder jamais serão toleradas”.

Por conta das críticas ferozes que vinha sofrendo, Lula divulgou uma carta aberta também na última quinta. Nela, afirmou que “não admite que conversas pessoais divulgadas ‘ilegalmente’ sejam usadas para fazer julgamentos sobre seu caráter”.

Atualmente, Lula foi empossado como ministro-chefe da Casa Civil. Por conta de processos contrários a isso que correm na Justiça, porém, a posse está suspensa até o momento. Confirmada a posse, ele passa a ter seu processo, atualmente nas mãos de Sergio Moro, julgado pelo Supremo. (AFP)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA