Justiça francesa valida escutas telefónicas que levaram ao indiciamento de Sarkozy por corrupção

(AFP)

O tribunal de cassação, maior instância judicial francesa, aceitou como provas as escutas telefónicas que levaram ao indiciamento do ex-presidente Nicolas Sarkozy (2007-2012) em um caso de corrupção e tráfico de influência.

O ex-chefe de Estado é suspeito de tentativa de obter de um ex-magistrado informações confidenciais. Esta decisão pode comprometer suas ambições presidenciais para 2017. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA