Imogestin anuncia requisitos para prémios Inovação de projectos de habitação

Administrador da Imogestin, Amarildo Van-Dunem (Foto: Alberto Julião)

A Imogestin, entidade gestora de projectos do Programa Nacional de Urbanismo e Habitação, anunciou hoje, terça-feira, em Luanda, os requisitos para os prémios “Projectos de Habitação Social Urbana ” e “Concepção de Habitação Rural “.

O facto foi tornado público hoje, durante uma conferência de imprensa que visou apresentar o processo de candidaturas e os critérios dos referidos prémios, que têm periodicidade bienal.

O director executivo da Imogestin, Amarildo Van-Dúnem, esclareceu que os concorrentes deverão apresentar suas propostas, fazendo uso predominante de recursos locais, até ao dia 15 de Abril do ano em curso sendo que os vencedores em cada categoria receberão como prémio, o equivalente em Kwanzas a 15 mil dólares e um certificado.

Os autores dos dois projectos, disse, com a classificação seguinte ao primeiro receberão um certificado de menção honrosa.

Os vencedores vão ser anunciados no dia 15 de Junho deste ano, por ocasião ao 18º aniversário da Imogestin.

Segundo o responsável, podem candidatar-se aos prémios todos arquitectos, engenheiros, independentemente da sua nacionalidade, desde que comprovem tal qualidade profissional e ainda Universidades com residência ou sede em Angola.

As candidaturas podem ser apresentadas em nome de uma pessoa singular ou colectiva, tendo sempre, qualquer delas, de ser subscrita pelo menos por um arquitecto.

Cada universidade pode apresentar até um máximo de três candidaturas, devem apresentar um projecto a instruir os seguintes elementos; ficha tipo de inscrição, memória descritiva, com explicação do conceito e soluções apresentadas, peças desenhadas esclarecedoras da proposta e ideia.

Os interessados em candidatar-se poderão obter exemplares do regulamento nos escritórios da Imogistin sitos na Urbanização Nova Vida rua 4, nº 869 ou através da página , wwww.imogestin.co.ao.

A iniciativa visa incentivar arquitectos, engenheiros e técnicos de projectos e de construção civil a contribuir para a concepção de habitações sociais urbanas e rurais sustentáveis.

Visam igualmente incentivar e promover a inovação e a criatividade na concepção de projectos de habitação social rural e urbana para Angola, que incorporem de forma significativa recursos locais angolanos, apresentem soluções respeitadoras do ambiente, sejam sustentáveis de um ponto de vista energético e hídrico. (ANGOP)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA