Huíla: Províncias terão empresas de gestão de águas

Lucrécio Costa -Director Nacional de Águas (Foto: Joaquina Bento)

A direcção Nacional de Águas e Saneamento vai, este ano, criar empresas para gestão de recursos hídricos em nove, das 18 províncias do país, anunciou no Lubango, o seu director, Lucrécio Costa.

Falando terça-feira numa palestra sobre “A importância da água nas comunidades”, em alusão ao dia mundial da água (22 de Março), o responsável destacou que as empresas devem, nesta primeira fase, serem criadas nas províncias da Huíla, Namibe, Cunene, Cuando Cubango, Uíge, Huambo, Malanje, Cuanza Norte e Luanda.

Afirmou que estas terão a missão de fiscalizar os serviços de consumo deste líquido, assim como ocupar-se-ão da actividade voltada ao melhoramento da qualidade da água e do sistema organizacional.

Fez saber que estão em curso obras das instalações que vão acolher estas empresas e, assim que estiverem concluídas a intenção será concretizada e dar-se-á início nas restantes províncias.

“O esforço resulta na actualização dos planos directores, no caso específico, de todas as cidades do centro e sul do país”, disse. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA