Huíla: Governo e FNUAP assinam protocolo para prevenção da gravidez precoce

Campanha reduz casos de gravidez precoce (Foto: António Escrivão)

O governo da Huíla e o Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP) assinaram hoje, quinta-feira, no Lubango, um protocolo de compromisso do programa conjunto que visa a aceleração de uma resposta para a eliminação da gravidez e o casamento precoce.

O acto de assinatura foi efectuado pela vice-governadora provincial da Huíla para o sector político e social, Maria João Chipalavela e a representante da (FNUAP) em Angola, Florbela Fernandes.

O foco estratégico da assinatura deste compromisso permitirá que as partes colaborem, coordenem e implementem acções acordadas nos referidos documentos, bem como alinhar iniciativas para potenciar os planos estratégicos globais em parceria com a União Africana e o FNUAP, através do Plano Nacional de Desenvolvimento (PND).

Consta, igualmente, na assinatura deste mesmo documento, o apoio sobre a abordagem multi-sectorial baseada em evidências sobre a gravidez precoce, orçamento do programa conjunto para a redução deste fenómeno que inclui casamento na adolescência, entre outros desafios que garantam uma transição segura para a vida adulta, sem comprometer o futuro.

Na ocasião, Florbela Fernandes considerou positivo o acordo neste domínio, como resultado de vários diálogos com o governo local para contribuir no processo de advocacia na redução da gravidez precoce.

Já a vice-governadora provincial da Huíla para o sector político e social, Maria João Chipalavela afirmou que este desafio vai ajudar a consciencializar os pais na educação de seus filhos.

“A empreitada envolve a direcção provincial da família e promoção da mulher, educação, ciência e tecnologia, saúde, bem como organizações da sociedade civil para se minorar tais consequências que muitas vezes resultam no mau aproveitamento da adolescente”, disse. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA