Huambo: Oito cidadãos morrem no Bailundo supostamente por febre-amarela

(DR)

Oito pessoas entre crianças e adultos faleceram, de 07 de Fevereiro até a presente data, no município do Bailundo, 75 quilómetros a norte da cidade do Huambo, supostamente por febre-amarela, dos 32 casos registados pelas autoridades sanitárias.

O facto foi avançado à Angop, terça-feira, pelo chefe de repartição da saúde do Bailundo, Manuel Paulino Sataleco, tendo informado que os casos suspeitos são de cidadãos que estiveram em visita em Luanda, excepção feita a um registado na comuna do Bimbe.

Adiantou que nesta altura estão internados no Hospital Municipal do Bailundo dois pacientes, que recebem tratamento intensivo num sistema de isolamento, para que os mosquitos não transportem os vírus a outros doentes internados naquela unidade hospitalar.

O responsável informou que como medida preventiva, os técnicos de saúde estão a realizar ciclos de palestras de sensibilização nas igrejas, escolas e outros locais de maior concentração da população e pulverização extra domiciliar em locais onde houve o registo de mortes por suspeita de febre-amarela.

Manuel Paulino Sataleco apelou a população no sentido de redobrar os cuidados a terem com as águas paradas, utilização de mosquiteiros, limpezas ao arredores das residências, para evitar a proliferação da doença. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA