Havana normaliza relações com UE antes da visita de Obama

(EURONEWS)

Cuba e União Europeia assinaram na sexta-feira, em Havana, um acordo para normalizar as relações diplomáticas bilaterais.

A chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, encontrou-se com o presidente cubano Raul Castro na capital cubana, dias antes da visita do presidente americano Barack Obama, no próximo dia 22.

Após quase dois anos de negociações, o acordo de cooperação e diálogo político foi assinado em Havana por Christian Leffler, responsável pelo gabinete de relações externas da Comissão Europeia, e pelo vice-chanceler cubano Abelardo Moreno, na presença de Mogherini e do chanceler cubano, Bruno Rodríguez.

Bruxelas suspendeu a cooperação com Havana em 2013, depois da detenção de 75 dissidentes cubanos, entretanto libertados.

Com este acordo, Cuba encerra as divergências com a União Europeia antes de receber no dia 22 de março Barack Obama, para a primeira visita de um presidente americano em 88 anos.

Havana e Washington restabeleceram relações diplomáticas bilaterais em 2015, embora o embargo imposto a Cuba pelos Estados Unidos em 1962 ainda não tenha sido suspenso.

Em outubro de 2015, três meses depois de os EUA e Cuba terem retomado as relações diplomáticas, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu, pelo 24º ano consecutivo, o fim do embargo aplicado a Cuba. A resolução foi apoiada por 191 países, com votos contra dos EUA e Israel. (EURONEWS)

por Nelson Pereira | com AP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA