Hackers roubam US$ 81 milhões do Banco Central de Bangladesh

(AFP)

Hackers roubaram 81 milhões de dólares do Banco Central de Bangladesh, mas fracassaram no projecto de desviar 1 bilião de dólares por erros no momento de digitar os pedidos de transferência, informaram nesta sexta-feira funcionários bengaleses.

Os piratas de computador conseguiram, no começo de Fevereiro, transferir a quantia que o Banco Central de Bangladesh tinha em uma conta na filial nova-iorquina do Banco Central americano (Fed).

“Oitenta e um milhões de dólares foram transferidos do Fed de Nova York para uma conta nas Filipinas”, informou à AFP Razee Hassan, vice-governador do Banco Central de Bangladesh.

Estes hackers tinham inundado o Fed nova-iorquino com dezenas de ordens de transferência e pretendiam desviar US$ 850 milhões adicionais, tentando se beneficiar de um possível déficit de comunicação entre os bancos nos últimos fins de semana.

Mas o sistema de segurança do banco e falhas ao digitar algumas petições de transferência fizeram seu plano fracassar parcialmente.

“Tentativas de transferência de 850 milhões de dólares foram frustradas pelo sistema de segurança do Fed”, afirmou Hassan.

As autoridades do país já tinham ameaçado na terça-feira apresentar demandas judiciais contra o Fed de Nova York, assegurando que era “responsável” pelo dinheiro ali depositado.

Contactada pela AFP na sexta-feira, o Fed de Nova York recusou-se a fazer comentários e enviou um comunicado, no qual indica que não há “indícios” de que seu sistema de segurança tenha sido “afectado” e indicou que as ordens de transferência estavam conforme os “protocolos normais de autenticação”.

O BC bengalês indicou que suspeita que chineses estejam por trás da acção e especialistas em ciber-criminalidade iniciaram uma investigação a respeito. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA