Forças de segurança moçambicanas invadem sede da Renamo

Afonso Dhlakama, líder da Renamo (Cristiana Soares)

As forças de defesa e segurança de Moçambique invadiram hoje a residência do líder da Renamo e a sede nacional do principal partido da oposição na capital moçambicana.

Um contingente das forças de defesa e segurança de Moçambique invadiu em pleno domingo de Páscoa, a residência protocolar do líder da Renamo em Maputo.

A denúncia foi feita no início da tarde através das redes sociais pelo filho de Afonso Dhlakama foi confirmada pelo comandante da polícia em Maputo, Bernardino Rafael.

A Renamo denunciou também neste dia, a invasão da sua sede nacional na capital moçambicana.

Numa primeira reacção e sem gravar entrevista, diz estar a contabilizar os bens retirados entre armas dos seguranças e meios informáticos.

A operação resultou de acordo com a principal força política da oposição, na detenção de cinco dos seus guardas e o registo de maus tratos à família do líder Afonso Dhlakama como refere o nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA