FNLA aposta na formação ideológica dos seus militantes

secretário nacional para informação, mobilização e propaganda da FNLA, Jovete de Sousa. (Foto: Kynda Kyungu)

O aumento de militantes e promoção de formação em ideologia política figuram das acções a serem realizadas este ano pela Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), informou hoje (quarta-feira), no Luena, o secretário nacional para Informação, Mobilização e Propaganda do partido, Jovete de Sousa.

Falando à Angop, em alusão ao 55º aniversário do levantamento armado contra o colonialismo português, disse que tais acções visam potenciar os quadros e manter a FNLA nos grandes patamares políticos.

Pretende-se igualmente a criação de comités do partido nas cidades, municípios, comunas, localidades e bairros, nas 18 províncias do país.

Referiu que a comemoração do 15 de Março serviu igualmente para abrir o ano político da FNLA, cujo acto nacional ocorreu na cidade do Luena, presidido pelo líder do partido, Lucas Bengui Ngonda.

Salientou que o encontro de Lucas Bengui Ngonda com os militantes permitiu transmitir as linhas de forças traçadas pela FNLA para os angolanos.

O interlocutor defendeu que o 15 de Março de 1961 deve ser comemorado por todos angolanos, visto que os elementos intervenientes eram filho de Angola.

No dia 15 de Março de 1961 a antiga União dos Povos de Angola (UPA) procedeu ao levantamento armado da organização contra o colonialismo português, lutando a favor da independência nacional. A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) é um movimento político fundado em 1954. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA