Explosão em estrutura petrolífera mata 3 pessoas no sul da Nigéria (vídeo)

(EURONEWS)

Uma explosão ocorrida domingo no “pipeline” de um campo petrolífero nigeriano provocou a morte de 3 pessoas e deixou várias feridas. O caso foi revelado pelo grupo ambientalista “Environmental Rights Action” e já confirmado pelas autoridades nigerianas.

Numa entrevista telefónica com a NAN, a agência de notícias nigeriana, Peter Idabor, o diretor-geral da Agência Nacional de Deteção e Resposta a Derrames Petrolíferos (NOSDRA, na sigla original), confirmou as 3 mortes e revelou que um membro da NOSDRA teve sorte em evitar o incidente, ao ter abandonado o local após alegadamente ter denunciado problemas de segurança.

“Recebi a informação do incidente através do nosso gabinete em Yenagoa e, por sorte, um dos nossos responsáveis sobreviveu. Devido às condições de segurança, após a inspeção o nosso elemento abandonou o local e não foi afetado”, contou Peter Idabor, garantindo que iria reportar o sucedido diretamente ao ministro do Ambiente.

A explosão aconteceu na estrutura de canalização de um campo petrolífero gerido pela multinacional italiana Ente Nazionale Idrocarburi (ENI) através da subsidiária local Nigerian Agip Oil Company, na região do delta de Bayesa, no sul do país.

A NAN adianta que as 3 vitimas mortais seriam trabalhadores da manutenção do “pipeline”, que estavam a trabalhar na estrutura na zona de Olugboro. Os cadáveres apenas terão sido recuperados na segunda-feira após as chamas provocadas pela explosão terem sido controladas.

No ano passado, a 9 de julho, um incidente similar aconteceu no campo petrolífero de Azuzuama, matando 14 pessoas. (EURONEWS)

por Francisco Marques | Com NAN

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA