Ler Agora:
EUA: Ministra do Ambiente de França quer visitar Angola
Artigo completo 3 minutos de leitura

EUA: Ministra do Ambiente de França quer visitar Angola

A ministra do Ambiente, Energia e Assuntos Marítimos de França, Segolene Royal, reuniu-se sexta-feira, em Nova Iorque, com o Representante Permanente angolano junto das Nações Unidas, Embaixador Ismael Gaspar Martins, a quem manifestou o desejo de visitar Angola antes da cerimónia de Alto Nível de assinatura do Acordo de Paris sobre Alterações Climáticas.

O Acordo será assinado a 22 de Abril do corrente ano, na sede da ONU, em Nova Iorque.

Foram convidados líderes mundiais para participar na cerimónia, considerada a oportunidade para os Governos fazerem avançar o processo que conduzirá à implementação e ratificação do documento, adoptado em Paris, em Dezembro de 2015, durante a 21ª Conferência da ONU sobre Alterações Climáticas (COP21).

A ministra francesa encontra-se em Nova Iorque no âmbito da preparação do evento, que conta com o envolvimento do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Vários Chefes de Estado e de Governo confirmaram a sua participação no acto.

Durante o encontro com o Embaixador Ismael Martins, Presidente do Conselho de Segurança da ONU neste mês, a governante francesa disse que antes da cerimónia da assinatura do Acordo vai visitar alguns países africanos, com o objectivo de mobilizar os líderes regionais a participarem no acto.

Expressou o desejo de incluir Angola na digressão.

Segolene Royal saudou Angola por presidir o Conselho de Segurança e considerou pertinente, pela sua importância e envolvência, a escolha pelo país do tema do Debate Aberto do dia 21 intitulado “Paz e Segurança Internacional: Prevenção e Resolução de Conflitos na Região dos Grandes Lagos”.

O encontro, solicitado pela ministra francesa e decorrido no gabinete do Presidente do Conselho de Segurança, na sede da ONU, serviu também para abordar várias questões de interesse bilateral e multilateral, com ênfase para as questões ambientais e energéticas.

O Embaixador Ismael Martins agradeceu ao Governo Francês pela liderança demonstrada no processo de negociação do Acordo de Paris, enalteceu a assistência técnica que Angola recebeu da França para a elaboração da sua Contribuição Nacional e informou que o país tenciona assinar o documento no dia 22 de Abril.

Disse esperar que o Governo Francês continue a fornecer assistência técnica e financeira necessária e indispensável ao estabelecimento de sistemas de monitorização de emissões de gás, bem como a transferir tecnologia sensível ao clima, particularmente para o sector de energia e gestão de resíduos.

O Acordo de Paris, aprovado na cúpula climática realizada sob a égide da ONU, marcou uma viragem histórica na resposta do mundo às alterações climáticas, no objectivo de procurar manter o aumento da temperatura global bem abaixo de dois graus Célsius e prosseguir os esforços para limitar a 1,5 graus.

Angola participou na COP 21 com uma delegação chefiada pelo Vice-Presidente da República, Manuel Domingos Vicente, em representação do Chefe de Estados Angolano, José Eduardo dos Santos. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »