Estudo brasileiro revela qual a posição mais perigosa durante o sexo

(YAHOO)

Homens de todo o mundo, hora de se cuidar. Um estudo brasileiro mostrou qual é a posição praticada durante o sexo que traz mais perigos para eles. E o resultado é nada agradável: possível fractura peniana.

Conduzido por brasileiros, o estudo foi publicado recentemente no jornal especializado Advances in Urology. E segundo a pesquisa, qualquer posição com mulheres por cima pode ser bastante perigosa de ser praticada em relação às fracturas penianas.

O estudo monitorizou situações de emergência em hospitais em todo o Brasil e mostrou que 50% dos casos de fractura peniana estavam ligados a essa posição. O homem por cima, no entanto, é responsável por apenas 21.4% das lesões registadas.

Segundo os médicos, a fractura peniana é algo que precisa ser muito bem cuidada. No momento em que é sentida, provoca uma espécie de estalo. Os resultados desse tipo de lesão podem ser bastante sérios e podem afectar para sempre a vida do homem.

Segundo especialistas, um tratamento feito de maneira não-cirúrgica pode deixar até 50% dos pacientes com os seus membros deformados para sempre. Alguns ainda podem sofrer de disfunção eréctil e com fortes dores no momento do sexo.

O único porém no estudo, é o número de homens pesquisados. Isso porque, afirmam os pesquisadores, o número de pessoas com fractura peniana é pequeno. Dentro das vítimas da lesão, também, cerca de 10% dos pacientes praticavam sexo homossexual quando sofreram a fractura peniana. (YAHOO)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA