Dom Filomeno Vieira Dias encoraja população a não perder esperança face a crise

Cuanza Norte: Dom Filomeno Vieira Dias. presidente da CEAST (Foto: Eliseu Veloso)

O presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), Dom Filomeno do Nascimento Vieira Dias, encorajou domingo, em Ndalatando, província do Cuanza Norte, a população a não perder a esperança, face a crise económica e financeira que assola o país, resultante da baixa do preço do petróleo no mercado internacional, principal fonte de financiamento do Orçamento Geral do Estado (OGE).

Falando na homilia durante uma missa campal, o prelado assinalou que a solução do problema não é apenas económica, mas passa também pelo resgate da ética, do compromisso com o bem comum, com o sentido de estado e comunidade, através do diálogo.

Dom Filomeno Vieira Dias defendeu igualmente a necessidade das pessoas cultivarem a caridade, ajudando o próximo e ao desenvolvimento do país.

“Para os fiéis e todos os habitantes do Cuanza Norte e não só, é de esperança neste momento difícil em que a palavra crise se escuta nos quatro cantos de Angola, mas as dificuldades não nos devem levar ao desânimo e perca de esperança, ao contrário são oportunidades de crescimento e aprendizagem para correcção de erros e retomada do progresso”, sublinhou.

Por seu turno, o bispo da Diocese de Ndalatando, Dom Almeida Kanda, em declarações à Angop no final da missa concelebrada por todos os bispos presentes na primeira assembleia ordinária da CEAST de 2016, que decorre desde dois de Março do corrente mês, em Ndalatando, agradeceu o facto de o Cuanza Norte ter sido escolhido para albergar a primeira reunião anual da cópula da Igreja Católica em Angola e São Tomé.

“A nossa diocese congratula-se com a celebração desta primeira assembleia anual da CEAST e exprimimos por isso a nossa gratidão e reconhecimento pela confiança manifestada, e auguramos que este grande evento possa ser um estímulo para continuarmos a crescer e trabalharmos com mais ardor e entusiasmos, e concretizarmos o lema que escolhemos para a nossa caminhada pastoral deste ano que é “Não deixemos que nos roubem a alegria do evangelho”, concluiu.

Assistiram à missa que decorreu no pátio da Sé Catedral da Diocese de Ndalatando (sede provincial), membros do governo provincial do Cuanza Norte, com destaque para o vice-governador para o sector político e social, José Alberto Quipungo.

O evento foi ainda testemunhado por padres, madres e fiéis oriundos dos dez municípios do Cuanza Norte e também das dioceses de Benguela e Cuanza Sul, deputados à Assembleia Nacional, magistrados do Ministério Público e Judicial, bem como líderes de outras denominações religiosas sedeadas na província.

A diocese de Ndalatando acolhe de 2 a 9 de Março em curso, a primeira Assembleia Ordinária dos Bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) em que participam 30 bispos. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA