Diagnóstico e reajuste de programas abrem novo ciclo no Urbanismo

Ministra do Urbanismo e Habitação, Branca Neto do Espírito Santo (Foto: Rosário dos Santos)

O diagnóstico e o reajuste de programas de urbanismo e habitação, bem como a sua implementação de forma exitosa constituem objectivos que vão abrir um novo ciclo deste sector nos próximos tempos.

A afirmação foi feita hoje (quarta-feira), em Luanda, pela ministra do Urbanismo e Habitação, Branca Neto do Espírito Santo, durante o acto oficial da sua apresentação aos funcionários deste ministério, orientado pelo ministro cessante, José Silva.

Na ocasião, a governante pediu maior colaboração e empenho dos funcionários para concretização dos objectivos traçados no curto, médio e longo prazo, cumprindo com a missão que lhe foi confiada.

Apontou o cumprimento dos prazos de contratos dos projectos e o respeito das leis do pelouro como instrumentos que vão dinamizar o modelo da sua governação.

Por outro lado, o ministro cessante, José Silva, augurou êxitos no cumprimento da missão da nova governante e mostrou-se disponível em apoiar o sector quando for solicitado.

O acto de apresentação da nova titular da pasta contou com a presença dos secretários de Estado de Urbanismo e da Habitação, Nhanga de Assunção e Joaquim Silvestre, respectivamente, directores nacionais e de departamentos deste sector.

A ministra do Urbanismo e Habitação, Branca Manuel da Costa Neto do Espírito Santo, é licenciada em planificação da economia nacional pela Universidade Alemã, Martin Luther King Jr. Havia exercido o cargo de presidente da Comissão Executiva da Imogestin, directora financeira da EPAL e foi também presidente da Associação dos Profissionais do Imobiliário de Angola.

Foi nomeada ao cargo no dia 4 deste mês, pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

O Ministério que dirige tem por missão propor a formulação, conduzir, executar e controlar a política do Executivo nos domínios do ordenamento do território, urbanismo e habitação, assim como da construção. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA