David Mendes abandona o tribunal em pleno julgamento

David Mendes (DR/Arq)

O advogado David Mendes, que defende os activistas Nito Alves, Rosa Conde e Laurinda Gouveia, acusados pelos crimes de rebelião e actos preparatórios de golpe de Estado, abandonou o Tribunal Provincial de Luanda nesta segunda-feira, 14, depois de o juiz o ter querido transformá-lo em declarante.

Citado no suposto Governo de Salvação Nacional, Mendes recusou apresentar-se ao tribunal como declarante à semelhança de várias personalidades angolanas.

Na retomada do julgamento dos 17 activistas hoje, o juiz Januário Domingos José quis obrigar David Mendes a sentar-se no banco dos declarantes, o que ele recusou.

Depois de uma longa troca de alegações entre o juiz e o advogado, este decidiu abandonar o tribunal tendo sido substituído pelo advogado Zola Ferreira.

David Mendes não poderá voltar ao tribunal para defender os seus constituintes.

No início da tarde, começaram as alegações finais do julgamento. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA