Cunene: SME regista mais de nove mil movimentos migratórios na fronteira com a Namíbia

Posto fronteiriço de Ruacana no município do Curoca (Foto: Rosário dos Santos)

O Serviço de Migração Estrangeiros (SME) registou, durante os últimos sete dias, nove mil e 470 movimentos migratórios nos postos fronteiriços de Santa-Clara, Ruacana e Calonga, situados entre a província do Cunene e a República da Namíbia.

Segundo uma nota da instituição, este movimento compreende a entrada e saída de seis mil e 23 são cidadãos nacionais e de três mil e 447 estrangeiros, nomeadamente namibianos, portugueses, zimbabweanos, alemães, cubanos e suíços.

O órgão de controlo da migração procedeu igualmente à recusa de saída a um cidadão nacional por falta de autorização do Distrito de Recrutamento Militar (DRM).

Por outro lado, o SME recepcionou do público 31 pedidos de passaporte, 20 dos quais para emissão e 10 para a reemissão de passaporte ordinário, tendo ainda emitido 605 passes de travessia e 12 salvo-condutos.

Actualmente, esta instituição tem sob o seu controlo 837 estrangeiros na província do Cunene, sendo 625 com visto de trabalho, 50 residentes,12 com permanência temporária, sete refugiados, 126 requerentes de asilo, além de 10 condenados e sete detidos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA