Cuanza Norte: Professores concluem formação sobre “Literacia Financeira”

uanza Norte: Participantes ao Seminário sobre Literacia Financeira (Foto: Eliseu Veloso)

Mais de 100 professores do I e II ciclos do ensino geral do município de Cazengo, província do Cuanza Norte, concluíram sexta-feira em Ndalatando, o seminário de capacitação sobre “Literacia financeira e consumo consciente”.

O evento, que congregou durante três dias professores das 7ª e 10ª classes que leccionam as disciplinas de Língua Portuguesa, Francês, Inglês, Matemática e História, a nível do município sede da província do Cuanza Norte (Cazengo), teve por objectivo a criação de condições para o ensino e avaliação de aulas com conteúdos relacionados com a literacia financeira, visando incutir nos alunos a mentalidade de autodomínio em como, quanto e porque gastar no orçamento da família.

A acção formativa foi uma iniciativa da Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia em pareceria com o Banco Nacional de Angola (BNA) e decorreu sob orientação de 10 especialistas afectos as duas instituições.

Visou ainda auxiliar os participantes na melhoria sistemática do seu desempenho no ensino da literacia financeira e consumo consciente.

Na acção formativa foram abordados assuntos relacionados com o “projecto de inserção da literacia financeira no sistema nacional de educação”, “conceito de literacia financeira”, “orçamento”, “bancarização económica”, “história da moeda e dos bancos, serviços e produtos bancários”, “prevenção de fraudes”, “decisão de compras, consumo consciente, desejos, necessidades e possibilidades”, “evolução dos direitos do consumidores” e “direitos dos consumidores na prática”.

Em mensagem lida na ocasião, pelo coordenador do referido seminário, Osvaldo Malundo, os participantes agradeceram à direcção local da Educação, Ciência e Tecnologia e ao BNA, pela formação e comprometeram-se em contribuir na disseminação do conhecimentos adquiridos aos mais jovens para terem uma participação activa no desenvolvimento socioeconómico do país e incentiva-los à racionalização dos recursos, fundamentalmente, nesta altura em que o país atravessa uma crise económica e financeira.

“Os formandos consideraram que a formação é valiosa tendo em conta o contexto económico e social do pais e entendem saírem do certame, cheios de conhecimentos capazes de contribuir na melhoria da gestão financeira das suas famílias”, sublinhou Osvaldo Malundo.

Pela importância da formação, os professores participantes comprometeram-se ainda de que a pois a capacitação, irão implementar nas salas de aulas todos os aspectos apreendidos durante os três dias do certame.

Por seu turno, o director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Cuanza Norte, Sebastião Abel Manuel, ao encerrar o certame, destacou a importância do seminário e reafirmou o compromisso da sua instituição em promover acções do género nos restantes municípios da província.

“Esperamos que tudo o que foi abordado ao longo da formação tenha sido interiorizado para que possamos transmiti-lo com eficácia nas escolas onde pertencemos (…), esta é a primeira fase, mas procuraremos estender aos demais municípios da província”, garantiu. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA