Cuanza Norte: Populares de Cavunga satisfeitos com novas infraestruturas na comuna

Sistema de captação e distribuição de água (Foto: Estevão Manuel/Arq)

Quilombo dos Dembos – Populares da comuna de Cavunga no município do Ngonguembo, Cuanza Norte, mostraram-se nesta sexta-feira satisfeitos com o surgimento de novas infraestruturas de impacto social na circunscrição.

Os inquiridos reagiam, num pronunciamento à Angop, na vila de Cavunga, à inauguração, a 8 de Março corrente, de dois sistemas de captação, tratamento e distribuição de água canalizada, bem como de uma escola de quatro salas de aulas, destinada ao ensino primário.

A moradora do bairro Nexe, Teresa Francisco Manuel, saudou a acção do governo, informando que a inauguração de um dos sistemas de água na sua aldeia colmatará o sofrimento da procura do precioso líquido.

Disse que antes a água era buscada há um quilómetro da aldeia, e em péssima qualidade, situação que, segundo ela, influenciava o estado de saúde dos consumidores, tendo clamado para a conservação do empreendimento e o uso racional do produto em causa.

O Soba da sede comunal, António Cabaça Canguiri, considerou a inauguração daquelas obras um marco inédito, particularmente no tocante à água, uma vez que na sua história a comuna nunca teve uma canalização deste bem, o que mostra o empenho do governo e da Administração Municipal do Ngonguembo na melhoria da vida das populações.

Assegurou que tudo será feito para a conservação daquele património, para que o mesmo seja duradoiro e possa servir também as gerações vindouras.

A cidadã Marcela Mulochi qualificou o esforço do governo como um orgulho, adiantando que o executivo tudo tem feito para a mitigação das dificuldades populacionais, colocando á disposição dos munícipes serviços essenciais à normalização da sua condição de vida.

Exprimiu a esperança de que obras do gênero sejam extensivas a outras comunidades do município, com vista a criar equilíbrio na distribuição do bem comum.

Um dos dois sistemas de captação e distribuição de água fornece este líquido à sede comunal e o outro ao bairro Nexe, enquanto a escola, com capacidade de 280 alunos, foi edificada na vila de Cavunga, 22 quilómetros de Quilombo dos Dembos, sede do município do Ngonguembo.

A inauguração dos três empreendimentos coube ao vice-governador do Cuanza Norte para os serviços técnicos e infraestruturas, Ernesto Herlindo Lidador. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA